Oficina do Gato Morto

Oficina de Construção, desde 2016

 

A Oficina do GatoMorto é uma carpintaria itinerante criada em 2016 onde trabalham carpinteiros, arquitetos, designers e outros pensadores na concepção e construção de espaços colectivos. Seja através da transformação, reabilitação ou construção de raíz, este é um dos eixos que caracteriza o trabalho e os processos da EDA.

As intervenções são feitas no sentido de re-pensar a identidade, a funcionalidade e a adaptabilidade dos espaços. Os projetos decorrem em diferentes formatos e contextos, desde o centro da cidade à periferia, em festivais ou equipamentos culturais.

Uma das preocupações no processos GatoMorto é a capacitação dos futuros utilizadores dos espaços ou equipamentos. Para isso, promovem-se soluções participadas envolvendo habitantes, funcionários ou outros beneficiários, nas fases de concepção e de construção.

Caixas de Boxe – Instalação urbana no Bairro Portugal Novo (2019)

Atelier de Construção no KOVA.M festival (2019)

A Oficina do GatoMorto foi convidada a desenvolver um atelier de carpintaria antecedendo o Festival Kova M de 2019, em parceria com a Associação Cultural Moinho da Juventude. Em conjunto com os membros do Moinho da Juventude, a equipa GatoMorto concebeu e construiu bancas de venda para o festival. Apostou-se em estruturas replicáveis que facilmente são armazenadas, e o grande desafio foi trabalhar com poucos recursos materiais. O festival Kova M é organizado no Bairro do Alto da Cova da Moura, Amadora, desde 2011 pelo Moinho da Juventude.

 

Café Comobå Pop-Up – Design de Equipamento (2019)

Café Comobå Pop-Up  é uma estrutura metálica móvel e desmontável que permite o Café Comobå participar em eventos exteriores. Tem duas superfícies de trabalho, o topo da estrutura integra o sistema de iluminação e é rematado com vasos para plantas. É uma estrutura rectangular paralelepípeda prática e fácil de montar, desenhada para dar continuidade à selecção de materiais, estética e elegância característica do Café Comobå. Foi construída pelo GatoMorto em conjunto com Patrick e Emma Hubmann do ConsctructLab

O GatoMorto está na Casa – Residência Artística na Casa da Cerca (2018)

 

COM Abrigo – Atelier de Carpintaria no Festival do Silêncio (2017)

O Gato Morto integrou a programação da Biblioteca Itinerante da EDA no Festival do Silêncio, com um atelier de carpintaria aberto a todos e a decorrer durante 2 dias. Considerando a especulação imobiliária que se assiste em Lisboa e as dificuldades crescentes que daí decorrem para os seus habitantes, o atelier começou com uma discussão crítica sobre a quem assistem os direitos do espaço público e daqueles que vivem sem abrigoO que é uma casa? E quem precisa realmente dela? Decidiu-se construir um abrigo itinerante, estrutura que no final do festival foi apropriada por um habitante de rua. A equipa GatoMorto contou com a colaboração de Pierre Dauly.

 

Banco Coffee Lab – Design de Equipamento (2016)

Um conjunto de bancos concebido para o Copenhagen Coffee Lab & Bakery em Lisboa. Desenhado para ser leve e elegante, empilhável e facilmente lavável, o Banco CoffeeLab é um objeto que se enquadra no espaço para o qual foi pensado acrescentando um toque de identidade associado ao calor da madeira.

 

Instagram

A Equipa

  • Gestão de projeto: GatoMorto - Maddalena Pornaro e Samuel Boche
  • A equipa de GatoMorto: Maddalena Pornaro, Miguel Magalhães, Samuel Boche, Sofia Costa Pinto