O GatoMorto està na Casa

Residência artística - Criação Site specific na Casa da Cerca, 2018

Em março de 2018 o Coletivo GatoMorto esteve em residência artística na Casa da Cerca – Centro de Arte Contemporânea de Almada. Criou um conjunto de peças de mobiliário de exterior e instalações site specific. As peças foram concebidas para criar novos pontos de contemplação e mostrar perspectivas inesperadas da Casa, jardins e paisagem que fazem este lugar tão especial.

Num constante diálogo com a Casa e os seus ‘habitantes’, o Gato Morto montou a oficina de carpintaria na Galeria do Pátio e aí preparou as madeiras e desenhou as peças. Optou-se por um módulo base feito a partir da combinação de barrotes de 5cmx5cm, que remete para a estrutura pombalina do espaço da Galeria da Casa da Cerca  e serviu de matriz para as várias instalações.

Uma vez desmontada a carpintaria, ficou uma exposição com os esboços e planos registados nas próprias paredes da Galeria, as sobras das madeiras e outros elementos que permitiram recontar todo o processo criativo.

A Equipa

  • Gestão de Projecto: GatoMorto
  • Design e Coordenação: Sofia Costa Pinto e Maddalena Pornaro
  • Construção: Samuel Boche, Miguel Magalhaes, Maddalena Pornaro e Eduardo Conceição
  • Produção e organização: Casa da Cerca – Centro de Arte Contemporânea, e Ensaios e Diálogos Associação

Promotor

  • Casa da Cerca – Centro de Arte Contemporânea, Câmara Municipal de Almada

Apoio

  • Associação de Vôo Livre de Sintra, Ido Madeiras, Tecofix, WIND - Centro de Actividades de Montanha